Absinto

O SUS da Moda

Às quatro horas da tarde de hoje, ao voltar pra casa da baladinha de ontem, ainda com meu vestidinho preto tomara-que-caia no melhor estilo Dolce & Gabbana e meus lindos e novos coturnos, ouvi uma frase de um estranho em um carro que me fez pensar a respeito de muitas coisas: “Vai trocar de roupa, sua doida!”.

É verdade. Muito amáveis e solidários, os baianos adoram palpitar a respeito da roupa alheia. É tiro e queda. Basta sair com uma coisinha diferente do padão água com açúcar pra ouvir comentários cretinos na rua. Meias altas são diretamente associadas a futebol. Se listradas, prepare-se para ouvir um “Emília, Emília, Emília…” de oitenta por cento dos desconhecidos com os quais cruzar pelo caminho.

Quando careca, fui abordada por estranhos que, incessantemente, insistiam em expor suas opiniões a respeito do meu visual. Alguns faziam comentários interessantes, de apoio e até estímulo, mas a maioria sarrava o pau, mesmo.
A pior, creio eu, foi uma total desconhecida que me abordou no supermercado para dizer que eu estava parecendo uma maluca. A resposta prontamente teria sido “É que eu estou fazendo quimioterapia…”. Mas não foi. Não foi, em respeito à presença de minha mãe, que acredita que falar estas coisas dá azar. Fiquei quieta, disse que gostava daquele jeito. Paciência.

No entanto, duvido que os conselheiros de moda e personal-stylists de plantão que rondam as ruas de Salvador aconselhando totais desconhecidos a torto e a direito tenham feito algum questionamento àquela criatura que estava no Idearium ontem, com calça capri florida e pochete na bunda. Duvido.
E ninguém comenta as calças corsário acompanhadas de chinelo de madeira com salto, ninguém censura um cabelo de boneca da metade da cabeça pra baixo. Censuram meu cabelo lilás, mas não censuram as toneladas de cabelos amarelos que passeiam de um lado para o outro constantemente, entra verão e sai verão… (Justo amarelo, uma cor tão… Ugh! Mas whatever…)

É neste ponto que me questiono: numa cidade onde jeans é roupa de noite, tamanco é usado corriqueiramente e salto de acrílico é lugar comum no dia-a-dia das pessoas, quem teria envergadura moral pra olhar pra qualquer uma que faça uma produçãozinha melhor pra uma baladinha e dizer “Vai pra oooooooooooonde? Vai fazer exame de feeeeeeeezes, ééé?”.
Lantejoulas e outros paetês, então, nem pensar. Ou é puta ou travesti. Ou os dois.
Lembro-me claramente de minha prima contando de um aluno que, certa feita, disse: “Ai, professora. Você é tão linda. Parece um travesti.”. Ainda incerta, mas muito bem educada, ela agradeceu. Descobriu-se depois que o comentário era mesmo sincero e não-dotado de más intenções. O que seria, pois, que o moleque diria a respeito de uma pin-up? Vai saber…

Pensando em todas estas coisas, lembrei da dívida para com o nosso querido editor e da nossa demora colossal em entregar o primeiro texto desta seção. Então cá estou. Inaugurando a seção de Moda e Estilo do e-Donico (Uia! Lembra o nome de um certo software de pirat intercâmbio virtu-cultural que todos nós conhecemos, né..?) e cumprindo com minhas obrigações. Obviamente, como texto de estréia, não poderia deixar de dar meu grito de liberdade contra os servidores públicos do mundo féchiom que andam a solta por aí.
Eu tenho estilo, sim, dá licença, tá? Eu gosto do que visto e SEEEEI o que estou fazendo. Eu tenho bom senso.
E se você não acredita ou concorda, estranho, o problema é seu.
Tudo bem que preto de dia não é a melhor opção, mas isso não lhe dá o direeeeeeeeito de gritar nem uma palavrinha de dentro de seu chevete azul-rei metálico. Até porque eu não estou nem um pouco interessada em saber a opinião de alguém que, certamente, usa camiseta machão, bermuda florida, boné e tênis sem meia habitualmente. E à noite, ainda quando acaba.

(este texto foi escrito muito tempo atrás para o e-Dônico, um e-zine que jamais fora consumado)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s