Formoldeído

Dr. Jerkyll x Mr. Hyde

De que adianta, Dr. Jerkyll?
Tantas palavras bonitas e tantas prosopopéias?
Se no meio de tantas metáforas, o que queres é esperar?

Vos digo, Dr. Jerkyll,
que, de muito, não adianta
pois se de esperas e relógios
de tic-tacs infundados
numa cobrança sem ter fim
ainda brada

“Pois faça, Alice! É tarde, é tarde, é tarde…”

Mas não adianta, Dr. Jerkyll
cavar fundo num tesouro
que lá nunca se enterrou
pois se pedes sem oferenda,
ou se tentas reemenda,
vos digo: o tempo acabou.

E de nada adianta, Dr. Jerkyll
pois se na frente do espelho,
tu insistes em Mr. Hyde.
Se adiante, em nossos meios
tu insistes, Mr. Hyde.

Pois tal poção, Dr. Jerkyll
que insistes em tomar diante do espelho
nem do diabo, o escaravelho
salvará da morte certa

Pois o Monstro, senhor Médico
afoga tuas entranhas
atolada em tantas manhas
Passa a hora em que desperta.

E é nesta hora, Dr. Jerkyll
que a dançarina desencanta
e em altos brados canta

“É tarde, é tarde, é tarde.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s