Formoldeído

Gatopreto-chan e Gatopretebranco-chan.

Não me empurra, gato!
Não me estapeia assim.
Já senti tuas garras, já comi teu pêlo.
Alimento-te de minha própria existência.
Amo-te. Lembra-me a dor da perda.

Violino. Música para outros ouvidos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s