Arsênio

brainstorming

Meu cérebro não pára, nunca. Fica este caos de idéias e antenas (eu imagino), captando todo esse campo magnético que tanto dizem que está ao nosso redor. E, às vezes, é muito difícil organizar este caos.

Sinto como se meu apartamento fosse este meu pequeno cérebro, entupido de quinquilharias e lembranças e memórias e saudades e idéias e matérias primas e tudo o mais.

É como se a casa fosse uma extensão da mente e, até hoje, ainda não consegui organizar direito a minha.

É confortável, veja bem. Quem é bem vindo se sente bem, apesar de um tanto confuso. É muita informação, não se sabe pronde olhar. Tem que deixar fluir. Sentar. Relaxar…

* * *

Meu cérebro fica aqui, me instigando o tempo todo, consumindo toda a energia do meu corpo. A ignição dele acontece mais cedo. (É que, às vezes, eu preciso ficar pra dentro…)

* * *

Bom. Trancaram Douglas Adams dentro de um quarto e, pra ele, funcionou.

Não que eu vá me trancar num quarto sem internet por dias e dias, mas, sabe como é, tenho que focar e evitar as distrações.

Vou terminar uns lances aí….

.\

…e continuar a fechar minhas Gestalts. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s